gostosinhas

cozinha light e feliz

Espaguete à parisiense light

Se o prato tem Paris no nome, você não pode deixar de comer só porque está de dieta. A solução é aliviar a receita, abrir mão do creme de leite e aproveitar uma boa e caprichada massa vez ou outra. Esta aqui está naquela categoria que nós amamos ‘fica pronto em 10 minutos, mas nem parece’.

Ingredientes
125g de massa para espaguete – a com ovos é mais gostosa
1/2 xícara de leite desnatado
1/2 xícara de requeijão light
1 xícara de ervilhas congeladas
100g de peito de peru defumado (ou chester ou frango)
sal, pimenta e noz moscada a gosto

Coloque bastante água para ferver (não precisa colocar óleo para fazer o macarrão, bastante água já basta). Quando borbulhar, coloque um punhadinho de sal e a massa de espaguete para cozinhar. O tempo de cozimento vem na embalagem, em média oito minutos. Ah, não quebre a massa no meio na hora de pôr na panela, vai. Fica feio. Conforme for amolecendo, vai entrar tudo (êpa!).

Numa panelinha à parte, ferva a ervilha congelada por cinco minutinhos. Vale à pena investir na congelada e esquecer pra sempre que existe ervilha enlatada. A comparação é cruel. Em outra panelinha, coloque o leite, o requeijão e mexa no fogo baixo até ferver. Deixe engrossar mais um pouco e só coloque sal depois de provar. Junte também a noz moscada.

Enquanto a ervilha ferve, o macarrão cozinha e o molho engrossa, pique o peito de peru defumado. Se você puder, peça para o cara dos frios cortar um pedaço de 100g inteiro pra você, ao invés de fatiar. Assim você pode cortar em cubinhos, o que é muito mais bonito e gostoso. Mas se só tiver em fatias, vai assim mesmo. Junte o peito de peru em cubinhos e a ervilha no molho, desligue o fogo e misture um pouco.

A esta altura o macarrão já deve estar pronto para escorrer. Volte o macarrão escorrido para a panela e misture o molho lá, para a massa ficar bem molhadinha. Separe as porções no prato e coloque pimenta do reino por cima, se for moída na hora, melhor ainda. Está pronto! Se for uma sexta, até vale abrir uma garrafa de vinho para acompanhar, hein?

Ah! E recapitulando: aqui na receita eu dividi 3 dicas que eu aprendi.
1) Nunca, jamais, quebre a massa de espaguete no meio para cozinhar.
2) Óleo na água de cozimento do macarrão é pura enganação e só serve para ir para o ralo na hora de escorrer.
3) Ervilha congelada sempre. Ervilha enlatada sucks.
4) Pimenta moída na hora não é coisa de gourmet metido. Compre um moedor, faz muita diferença.

Espaguete à parisiense light
Rende 2 porções
272 calorias por porção

Anúncios

9 comentários em “Espaguete à parisiense light

  1. Fernanda
    16 de novembro de 2012

    Muiiiito bom ….fiz e ficou perfeito …. receita prática e deliciosa!!!

  2. Ju
    28 de outubro de 2012

    a minha deu certoo

  3. Dani Kopsch
    19 de outubro de 2012

    Oi, Grazi. Na próxima vez, misture farinha de trigo branca (diluída em um pouquinho de leite frio) no molho para engrossar ;)

  4. Grazieli
    13 de outubro de 2012

    meu molho não engrossou.. parecia que era só o leite mesmo.. bem aguado :(

  5. Dani Kopsch
    3 de outubro de 2012

    Sim! Fica ótimo, Adriana.

  6. Adriana
    3 de outubro de 2012

    Será que fica bom fazer com macarrão integral?

  7. gabiii
    24 de agosto de 2012

    Gente, aprendi a cozinhar só na água e depois de escorrer la colocar uma colherzinha de manteiga e misturar a massa, isso faz a massa ficar soltinha :)

  8. Dani Kopsch
    27 de julho de 2012

    A Nigella disse isso? Nossa, agora rolou um dilema moral. A história do azeite na água eu já vi desmistificarem mesmo. Sai tudo na hora de escorrer e não serve pra nada. Para o macarrão não grudar, o mais eficiente é usar bastante água no cozimento. E agora: Ciência X Nigella?
    P.S Vou experimentar o macarrão de arroz. Simone também indicou e disse que fica igualzinho.

  9. Isadora Marinho
    27 de julho de 2012

    Uma boa é fazer com espaguete de arroz ou sem glúten! Eles têm o mesmo gosto do de trigo, mas é mais leve e mais saudável – um saudável que faz diferença pra quem sofre de prisão de ventre e alergia. P.S. Por que nao pode quebrar o macarrão ao meio, fiquei curiosa! P.S. 2 Uma vez vi na Nigella que azeite extra-virgem na água do macarrão é bom pra ele ficar soltinho, evita que se grudem durante o cozimento… Eu sempre ponho! Beijo, beijo =***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 27 de julho de 2012 por em até 300cal, Prato principal e marcado , , , , , , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: