gostosinhas

cozinha light e feliz

Bolinho de arroz assado

Eu odeio a expressão “experiência na cozinha”. Nem é porque eu não tenho (e eu não tenho mesmo). É porque as pessoas repetem isso como mantra toda vez que alguma coisa dá errado “tudo bem, querida, é porque você não tem experiência na cozinha”. Como se as velhas tias nunca queimassem uma panela de arroz ou arruinassem um bolo. Coisas erradas acontecem na cozinha, mas não culpe a sua inexperiência. Culpe a química.

Pois bem, uma coisa que acontece com frequência com as garotas que não têm “sorte com a química”, é sobrar muito arroz. Você esquenta uma vez, talvez duas e nunca mais. Em algum momento ele vai para o lixo (não sem muita culpa católica). Sempre que isso acontece eu lembro dos bolinhos de arroz da minha avó. A maneira mais fina de aproveitar sobras. Mas na minha lembrança de infância eles eram fritos e cheios de gordura, então logo esquecia essa possibilidade.

Acontece que, por causa do blog, eu fico pensando muito em como aliviar a carga calórica das coisas que eu gosto e, um dia desses, lembrei do bolinho de arroz. Como tudo o que pode ser frito, também pode ser assado, resolvi arriscar. Ainda bem!

Ingredientes
1 xícara de arroz pronto
2 ovos ligeiramente batidos
1 xícara de farinha de trigo
cheiro verde picadinho
queijo parmesão ralado a gosto
sal e pimenta do reino

Misture tudo num bowl com as mãos mesmo, fazendo bastante meleca. Pré aqueça o forno a 200º e unte uma fôrma com um pouquinho de óleo. Para fazer os bolinhos, use uma técnica francesa chamada quenelle (que consiste, basicamente, em usar duas colheres – uma para pegar a massa e a outra para soltá-la. Coisa que a minha mãe sempre fez sem nem saber o quão chique estava sendo). Brincadeiras à parte, essa massa é terrivelmente grudenta e só mesmo com duas colheres para fazer o serviço. Leve para o forno até ficar bem douradinho, cerca de 30 minutos. Ele fica bem mais seco do que a versão ‘frita-explosão-calórica’ mas você logo acostuma. Eu servi com geleia de pimenta – que adoro e logo coloco aqui no blog.

Bolinho de arroz assado
Rende: 12 porções
63 calorias por bolinho

Anúncios

13 comentários em “Bolinho de arroz assado

  1. Ana Luiza
    16 de maio de 2013

    Parece delicioso, vou fazer amanhã aqui em casa!!

  2. kassandra barum
    1 de abril de 2013

    Daniela tens como colocar a receita do molho?
    Fiz os bolinhos hoje, mas coloquei alho picadinho, salsinha, e cebolinha, e também coloquei um frango desfiado, ficou tri bom ;D

  3. Patricia
    3 de dezembro de 2012

    Fiz em um refratário levemente untado com azeite e ficou perfeito, cortei como torta e substitui a farinha de trigo branca por integral.

  4. Dani Kopsch
    19 de outubro de 2012

    Oi, Tati. Que delícia seu comentário. Obrigada pela dica, vou experimentar a sua invenção! Beijos.

  5. Tatiane
    19 de outubro de 2012

    Oi Dani, primeiro preciso agradecer por este blog, mudou minha vida, principalmente pq você coloca as calorias das receitas. Enfim, fiz o bolinho de arroz em forma de bolo, modifiquei a receita colocando 1/2 xíc de água, 1 col sobr. de fermento em pó e batendo as claras em neve. O bolinho conforme a tua receita já era bom, mas o bolo ficou divino. Valeu mesmo por essas receitas deliciosas. Beijos.

  6. Mônica
    23 de setembro de 2012

    Eu fiz e adorei a receita, eu coloquei fermento e ficou otimo!

  7. Dani Kopsch
    6 de agosto de 2012

    Vou experimentar também, Mariana. Ficou macio?
    Valeu:)

  8. Mariana
    6 de agosto de 2012

    Já fiz com fermento, acho q fica melhor. :)

  9. Franciele Guma
    5 de agosto de 2012

    Meninas, fiz o bolinho de arroz com feijão e ficou super bom… além disso, derramei toda a massa na assadeira e ficou inteiro, pra cortar super bom! :)

  10. Franciele Guma
    5 de agosto de 2012

    Eu estou fazendo ele inteiro, ao invés de bolinhos ehehhe pra cortar em quadradinhos… vamos ver se dá certo!

  11. Andréia
    4 de agosto de 2012

    vou fazer sim, ai conto como ficou… bjs

  12. Dani Kopsch
    3 de agosto de 2012

    Oi, Andréia! Olha, eu não coloquei, mas pode ser uma boa ideia. Se você testar, me conta?

  13. Andréia
    3 de agosto de 2012

    não é preciso fermento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 1 de agosto de 2012 por em Acompanhamentos, até 100cal, Lanches e marcado , , , , , .
%d blogueiros gostam disto: